Twitter Facebook Youtube
Monitorização e coordenação de decisões Comunitárias – P5
TITULO DA FUNÇÃO Monitorização e coordenação de decisões Comunitárias – P5
INSTITUIÇÃO Comissão da CEDEAO
GRAU P5
AGÊNCIA N/A
SALÁRIO ANUAL UC66,123.98, USD104,330.42
DEPARTAMENTO Gabinete do Presidente
DIREÇÃO Secretariado-Geral
DIVISÃO Monitorização e coordenação de decisões Comunitárias
SUPERVISOR HIERÁRQUICO Secretário-geral
SUPERVISIONA Monitorização e coordenação de programas

 

LOCAL DE AFECTAÇÃO ABUJA, NIGERIA
Applications should be sent to: cdecmonitoring@ecowas.int

SÍNTESE DE FUNÇÕES

Sob a supervisão do Secretário-geral, o titular deste cargo será responsável pela monitorização da implementação das decisões Comunitárias nos Estados-membros e nas Instituições e Agências, cabendo-lhe avaliar o nível de execução das decisões e fornecer feedback sobre os desafios e o ponto de situação.

PAPEL E RESPONSABILIDADES

·         Monitoriza o ponto de situação da implementação das decisões tomadas pelos Órgãos estatutários da CEDEAO e apresenta relatórios;

·         Serve de elo de ligação aos Estados-membros e às instituições e Agências Comunitárias e fornece esclarecimentos sobre as decisões tomadas pelos ´Órgãos estatutários da Comunidade;

·         Estabelece indicadores apropriados para medir o progresso na implementação das decisões Comunitárias;

·         Elabora um quadro de avaliação do impacto das decisões Comunitárias nos cidadãos dos Estados-membros;

·         Garante que as informações recolhidas através das atividades de monitorização sejam partilhadas rapidamente e num formato adequado com a Administração para que quaisquer problemas que surgirem possam ser resolvidas;

·         Avalia a utilização efetiva dos fundos Comunitários recebidos pelos Estados-membros no tocante à implementação das decisões Comunitárias;

·         Realiza periodicamente missões no terreno para coordenar a implementação das decisões Comunitárias nos Estados-membros e garante que todos estejam no mesmo nível de compreensão;

·         Aconselha sobre a maneira e os meios de melhorar o ponto de situação da implementação das decisões Comunitárias;

·         Serve de ponto focal para os Estados-membros e as Instituições e Agências Comunitárias no que respeita à implementação das decisões Comunitárias;

·         Prevê, planeia e apoia as exigências de financiamento respeitantes à implementação eficiente das decisões Comunitárias;

·         Desempenha qualquer outra tarefa que lhe for atribuída pelo Supervisor.

QUALIFICAÇÕES ACADÉMICAS E EXPERIÊNCIA

•     Grau de mestrado conferido em gestão de empresas, administração pública, economia ou num domínio semelhante por uma universidade reconhecida;

•     Dez (10) anos de experiência profissional na gestão, inclusivamente dois anos de trabalho relevante a nível internacional e dois anos de trabalho a nível de supervisão;

•     Bom conhecimento da CEDEAO em geral e do papel das Instituições Comunitárias da CEDEAO em particular;

•     Perícia comprovada no estabelecimento sucessivo do quadro de monitorização do processo de tomada de decisão;

•     Conhecimentos profundos no trabalho de política ligado á governação, reforma económica e matéria social.

 

LIMITE DE IDADE Ter menos de 50 anos. Esta disposição não se aplica a candidatos internos.

 

PRINCIPAIS COMPETÊNCIAS DA CEDEAO

•     Capacidade de liderar nos programas e projetos que lhe forem confiados, prestando a perícia necessária na gestão e no funcionamento e visando o cumprimento do mandato da Organização;

•     Capacidade de liderar pelo exemplo e de organizar o trabalho em equipa para incentivar a cooperação destinada a alcançar os resultados pretendidos, defender e criar uma dinâmica conducente à mudança e promover a participação dos trabalhadores;

•     Capacidade de respeitar a cadeia de comando de forma apropriada;

•     Excelente capacidade de autogestão, demonstrando ética, integridade, sigilo e devido respeito aos controlos internos das regras, das delegações e da transparência;

•     Capacidade de reunir competências/perícias complementares, avaliar os contributos individuais e reconhecer/abordar as realizações e as deficiências de uma maneira que garanta o sucesso contínuo à Organização;

•     Conhecimento de gestão de programas ao nível adquirido habitualmente mediante uma certificação em gestão de programas.

•     Capacidade de pesquisar sobre marcos de referência e tendências que permitem obter as melhores recomendações para a elaboração e melhoria dos programas/projetos que servirão melhor a Comunidade/Organização;

•     Competências bem desenvolvidas no trabalho em rede e aptidões interpessoais para recolher feedback, informações e dados de uma rede de profissionais oriundos de vários países/setores/organizações e aptidões para identificar e priorizar as exigências mais importantes da Comunidade;

•     Capacidade de gerir e coordenar as iniciativas de gestão de clientes e formular recomendações;

•     Capacidade de desenvolver e implementar boas práticas no serviço ao cliente;

•     Capacidade de elaborar e implementar planos, programas e iniciativas de gestão das partes interessadas a fim de obter a adesão às novas iniciativas, compreender melhor as opiniões divergentes, obter recursos e aumentar a perceção do sucesso.

•     Capacidade de ser diplomático, prudente e respeitador de outras pessoas de origens diferentes, de compreender diversos pontos de vista cultural, sobretudo, no contexto da África Ocidental com a capacidade de converter a diversidade em oportunidades para melhorar os resultados do programa/da operação;

•   Capacidade de criar um ambiente interativo de diversidade e de inclusão que beneficie de várias forças, conjugando práticas inovadoras;

•   Capacidade de manter-se objetivo na gestão de conflito independentemente das diferenças culturais/das diferenças de cargo e de género e capacidade de incentivar os outros membros do pessoal a ultrapassar os preconceitos culturais e de género e as diferenças;

•     Capacidade e responsabilidade de integrar as perspetivas de género e de garantir a igualdade de participação às mulheres e aos homens em todos os domínios do trabalho;

•     Capacidade de servir o interesse de equipas/organizações/comunidades e pessoas com deficiência de diversas culturas e nacionalidades sem parcialidade e preconceito.

•     Compreensão da estrutura organizativa da CEDEAO, das dinâmicas associadas e das expetativas necessárias para colaborar, participar, contribuir e liderar efetivamente;

•     Conhecimento do mandato da CEDEAO, do plano estratégico/das prioridades estratégicas, bem como da situação económica, política e social e das tendências nos Estados-membros, atinentes à própria área de trabalho;

•     Conhecimento das boas práticas da CEDEAO, das abordagens de gestão de programas e das técnicas de pesquisa para liderar e/ou contribuir para a elaboração ou avaliação de programas, projetos e iniciativas;

•     Conhecimento do regulamento interno da CEDEAO para interpretar de forma apropriada e aplicar as diretivas ou os textos, prestar conselhos técnicos, treinar os outros e avaliar o desempenho.

·         Capacidade de analisar uma situação, utilizando indicadores para avaliar os custos, os benefícios, os riscos e as probabilidades de sucesso na tomada de decisões;

•     Capacidade de reunir informações de diferentes fontes, identificar a causa dos problemas, a consequência de outras causas de ação, os possíveis obstáculos e as formas de evitar o problema no futuro;

•     Capacidade de analisar situações/informações muito complexas e apresenta-las em termos simples para explicar as recomendações e conclusões destinadas a resolver os problemas ou melhorar as operações/os programas/os projetos;

•     Capacidade de desenvolver novos conhecimentos sobre as situações, aplicar soluções inovadoras aos problemas e conceber novos métodos de resolver as questões ou divergências onde os métodos e os procedimentos estabelecidos se revelaram inaplicáveis ou ineficazes.

•     Capacidade de comunicar com impacto, claridade e concisão, de uma maneira sucinta e organizada, transmitindo a credibilidade e confiança quando efetua apresentações, estabelece expetativas e explica questões complexas;

•   Capacidade de escutar atentamente e interpretar corretamente as mensagens dos outros e responder adequadamente;

•   Competências comprovadas na escrita técnica e na edição de textos;

·       Demonstração de habilidades de escuta ativa suscetíveis de incentivar maior impacto da comunicação entre os membros da equipa e levar à participação dos trabalhadores em todas as Instituições e Agências;

•   Capacidade de dar feedback construtivo, expressar reconhecimento, abordar deficiências e motivar relatórios diretos sobre o trabalho no auge do desempenho;

·          Aptidão para Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC);

·          Domínio da expressão oral e escrita numa das línguas oficiais da CEDEAO (Inglês. Francês e Português), sendo o conhecimento de uma segunda dessas línguas uma vantagem acrescida.

•   Competências na gestão de organizações e de projetos ou programas e vasta experiência na fixação de prazos, objetivos, custos e recursos necessários para alcançar os resultados de operação/programa/projeto em sintonia com a abordagem baseada em resultados;

•   Capacidade de definir metas e objetivos eficazes para a sua pessoa, para os outros, para a unidade de trabalho e capacidade de ajustar o trabalho ou as prioridades do projeto em função das novas circunstâncias;

•   Capacidade de utilizar uma abordagem participativa no planeamento de projetos e na identificação das lacunas que comprometem a satisfação das expetativas do programa/projeto e capacidade de elaborar e implementar os planos de intervenção necessários para constituir as tarefas pretendidas;

•   Capacidade de implementar práticas rigorosas de monitorização e avaliação e estabelecer calendários de apresentação periódica de relatórios relevantes sobre os principais resultados;

•   Capacidade de planear, organizar, controlar recursos e cumprir as políticas, os procedimentos e os protocolos para alcançar objetivos específicos.

 

 

 

Share on :

Twitter Facebook Google Plus Linkedin Youtube Instgram