Twitter Facebook Youtube
COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO DA CEDEAO APÓS OS ATAQUES EM BOULKESSY E MONDORO NA REGIÃO DE MOPTI NO MALI

O Presidente da Comissão da CEDEAO tomou conhecimento, com profunda emoção e indignação, dos ataques que ocorreram, na noite de 29 a 30 de setembro de 2019, contra uma corporação das Forças Armadas do Mali da Força Conjunta do G5 Sahel de Boulkesi e contra o posto militar de Mondoro na região de Mopti.
A Comissão e todas as instituições da CEDEAO condenam, veementemente, esses atos terroristas que resultaram na morte de cerca de trinta soldados, deixaram muitos feridos e desaparecidos e causaram consideráveis danos materiais. Expressam, ao governo e ao povo do Mali, sua compaixão e solidariedade e, curvando-se à memória dos mortos, oferecem suas sinceras condolências às famílias enlutadas. Desejam uma rápida recuperação dos feridos.
A Comissão da CEDEAO deseja reiterar, ao Governo do Mali, seu apoio inabalável aos seus esforços para garantir a paz e a estabilidade em todo o país. Este compromisso renovado está totalmente de acordo com a decisão tomada pelos Chefes de Estado e de Governo na Cimeira Extraordinária sobre a Segurança de 14 de setembro de 2019 em Ouagadougou, e com o objetivo de fortalecer a solidariedade na luta contra o terrorismo, em estreita colaboração com parceiros e a comunidade internacional em geral.

Abuja, 4 de outubro de 2019

Share on :

Twitter Facebook Google Plus Linkedin Youtube Instgram