Twitter Facebook Youtube
A OOAS presta apoio financeiro e material aos Estados membros da CEDEAO para lutar contar Covid-19

1 de Abril de 2020 – A pandemia de Covid-19 está a evoluir rapidamente na região da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) desde que o primeiro caso foi relatado em Lagos, Nigéria, a 27 de Fevereiro de 2020. Até ontem, 31 de Março de 2020, um total de 1.077 novos casos confirmados e 31 mortes foram relatados nos 15 Estados membros. A Serra Leoa foi o último país da região da CEDEAO a ser afectado e relatou um caso confirmado de Covid-19 a 31 de Março de 2020.

A Organização Oeste Africana da Saúde (OOAS) distribuiu mais de 30.000 kits de teste de diagnóstico aos 15 Estados membros da CEDEAO e estes foram os primeiros kits de teste recebidos pela maioria dos nossos países, e também estamos actualmente a distribuir 50.000 kits de transporte de amostras, 10.000 equipamentos de protecção individual (EPI), e alguns medicamentos aos Estados membros. Muitos Estados receberam sua alocação de kits de diagnóstico, mas espera-se que todos os demais apoios sejam entregues aos países por DHL entre 30 de Março e 7 de Abril. Fizemos encomendas de mais kits de teste de diagnóstico e EPI que esperamos receber dentro das próximas 2 semanas. Para além disso, estamos a fornecer ventiladores que são equipamentos de respiração assistida para pacientes gravemente doentes em hospitais, para distribuir aos países. Todos esses esforços são para apoiar o que os países esto a fazer individualmente.

Na qualidade de instituição designada pelas mais altas autoridades da CEDEAO para liderar a coordenação, colaboração e comunicação na região no que diz respeito à pandemia de Covid-19, a OOAS tem sido muito activa em reunir os Estados membros para adoptarem uma abordagem regional da pandemia e para os apoiar consoante as necessidades. A 14 de Fevereiro de 2020, alguns dias após a declaração de Covid-19 como Emergência de Saúde Pública de Preocupação Internacional pela OMS, a OOAS organizou uma reunião de emergência dos Ministros da Saúde da CEDEAO sobre a preparação e resposta ao surto de Covid-19, a primeira região em África a tomar tal iniciativa. A reunião acordou sobre uma abordagem regional unificada ao Covid-19, e realizámos conferências de imprensa sobre este assunto em Bamako, Mali, a 14 de Fevereiro de 2020, e em Abuja, Nigéria, a 17 de Fevereiro de 2020.

A OOAS reforçou imediatamente a capacidade dos 15 Estados membros para testar o Covid-19 através de uma formação laboratorial regional e da distribuição do primeiro lote de kits de diagnóstico a todos os Estados membros. Em seguida, realizamos várias outras formações regionais sobre comunicação de risco, operações de emergência e um exercício de simulação para a equipa regional de resposta rápida. Nos 15 Estados membros da CEDEAO, vários actores, incluindo profissionais da saúde, estão a ser mobilizados para salvar vidas. No entanto, continua a existir o desafio de garantir materiais suficientes, dada a ruptura nas cadeias de abastecimento globais. Isto é algo que a OOAS está a abordar através da sua parceria com outras agências e órgãos para garantir que nunca fiquemos sem estoque na região.

Share on :

Twitter Facebook Google Plus Linkedin Youtube Instgram