Twitter Facebook Youtube
A CEDEAO condena firmemente os ataques mortíferos perpetrados em Ouagadougou
A Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) tomou conhecimento, com muita consternação, dos ataques armados que ocorreram hoje, sexta-feira, 2 de março de 2018, em Ouagadougou, Burkina Faso.

De acordo com fontes concordantes, os pontos visados ​​são o Primeiro-ministro, o Estado Maior das Forças Armadas, a Embaixada da França, o Instituto Francês e a rotunda das Nações Unidas.

A Comissão da CEDEAO felicita as autoridades do Burquina Faso pela rapidez com que as unidades especializadas das forças de defesa e de segurança reagiram com o objetivo de controlar a situação.

Condena com firmeza e sem reservas qualquer ato destinado a desestabilizar o Burkina Faso, expressa suas mais profundas condolências às famílias das vítimas e reitera a sua solidariedade e seu apoio inabalável ao povo do Burkina Faso e ao seu governo.

 

Feito em Abuja a 2 de março de 2018

 

 Jean-Claude Kassi BROU

Presidente da Comissão da CEDEAO

Share on :

Twitter Facebook Google Plus Linkedin Youtube Instgram