Twitter Facebook Youtube
Comissários da CEDEAO e da UEMOA realizam 17ª reunião em Abuja
The high table at the opening ceremony of the meeting

Abuja, 2 de junho de 2018. Os Comissários das Comissões da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) e da União Económica e Monetária da África Ocidental (UEMOA) reuniram-se no sábado, 2 de junho de 2018 em Abuja, para avaliarem e consolidarem o acervo do Secretariado Técnico Conjunto (STC) das duas Comissões, bem como para debaterem os desafios que afetam de forma adversa a harmonização dos programas e políticas de integração regional, no âmbito da cooperção entre Comissões Mistas.

Na consulta de um dia, anterior à reunião dos Chefes das Instituições da CEDEAO e da Comissão da UEMOA, marcada para segunda-feira, 4 de junho de 2018, constatou-se, entre outros, o progresso da implementação dos projetos de convergência, tais como alfândegas, liberallização do comércio, educação e cultura, que levou à elaboração de textos conjuntos e harmonização de abordagens nas organizações.

Fr. L-R, Mr. Albert Boura, Director of Cooperation of WAEMU Commission, Mr. Jerome Boa, Acting Director of External Relations of the ECOWAS Commission
Cross Section of Participants

Por outro lado, a reunião lamentou o efeito adverso da falta de fundos na implementação das recomendações e diretivas para questões relacionadas com o setor privado, o Acordo de Parceria Económica (APE) com a União Europeia (UE) em prol de uma Zona de Comércio Livre (ZCL) das duas regiões, bem como as regras de concorrência para regulamentar o mercado regional de bens e serviços.

No discurso de abertura proferido pelo Comissário para Políticas Macroeconómicas e Investigação Económica da Comissão da CEDEAO, o Dr. Kofi Konadu Apraku disse que o progresso realizado até àquela altura permitiria que a cooperação CEDEAO-UEMOA acelerasse, entre outros, a harmonização dos textos da Comunidade ligados aos Postos Fronteiriços Comuns (PFC), bem como à implementação do 10º Fundo Europeu de Desenvolvimento (FED), do 11º Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e do Programa de Integração Regional (PIR).

O Dr. Apraku reiterou o seu “empenhameento em garantir que continue a existir uma sinergia permanente” entre as Comissões da CEDEAO e da UEMOA “para uma implementção bem-sucedida dos projetos de integração regional, que disponibiliza o caminho para a edificação de economias fortes num ambiente de paz e segurança”.

O Comissário para Mercado Regional e Departamento de Cooperação da Comissão da UEMOA, Sr. Ibrahima Dieme atribuiu de igual modo o sucesso do processo da convergência à consistência e aos esforços dinâmicos das duas organizações regionais rumo à harmonização de textos da Comunidade e questões relacionadas.

O Sr. Dieme exortou então os participantes a manter o ímpeto e a garantir consultas periódicas sobre projetos conjuntos para o aprofundamento da integração regional da África Ocidental.

Share on :

Twitter Facebook Google Plus Linkedin Youtube Instgram