Twitter Facebook Youtube

Recrutamento de um Consultor Individual para desenvolver o Plano Estratégico Regional da CEDEAO para as Doenças Tropicais Negligenciadas


Data : 29 Mar 2021 - 15 Abr 2021
Local : ORGANIZACAO OESTE AFRICANA DA SAUDE (OOAS),
Cidade : BoboDioulasso
País : Burquina Faso

ORGANIZAÇÃO OESTE AFRICANA DA SAÚDE (OOAS)

******

CHAMADA A MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE

(Serviços de um Consultor Individual)

FM/TEND/AMI/2021/02/APM/SPM/bk

Recrutamento de um Consultor Individual para desenvolver o Plano Estratégico Regional da CEDEAO para as Doenças Tropicais Negligenciadas

 

Introdução

 

As Doenças Tropicais Negligenciadas (DTN) são um conjunto de doenças transmissíveis crónicas que afectam desproporcionadamente os pobres, nos climas tropicais do mundo.  Estima-se que cerca de 1,7 mil milhões de pessoas são afectadas por pelo menos uma DTN em 149 países.  São empobrecedoras, desfigurantes e incapacitantes.  Em reconhecimento da sua importância para o desenvolvimento socioeconómico, os objectivos de desenvolvimento sustentável (ODS), o sub-objectivo 3.3, incluem-nas juntamente com a SIDA, a tuberculose, a malaria, como epidemias que deverão terminar até ao ano 2030. Para além do ODS 3, as DTN e as suas intervenções têm impacto e são afectadas por todos os outros ODS, tais como pobreza (ODS 1), fome (ODS 2), educação (ODS), autonomização das mulheres (ODS 5), acesso à água e saneamento (ODS 6) e resultados económicos (ODS 8).

 

Objectivo da missão

 

O objectivo geral da consultoria é desenvolver um Plano Estratégico 2021-2025 DTN para a Região da CEDEAO.

 

Serviços a serem prestados pelos consultores

 

O Consultor trabalhará em estreita colaboração com o Profissional Principal para as Doenças Não Epidémicas e DTN (PP DNE & DTN) sob a supervisão geral do Director da Saúde Pública e Pesquisa da OOAS.  Através do professional DNE & DTN, o Consultor irá recorrer a outros programas e projectos relevantes, tais como saúde ocular, saúde infantil, informação e planeamento sanitário, e o projecto do Banco Mundial contra o paludismo e as DTN na OOAS.

 

A análise da situação deverá incluir os seguintes elementos:

 

  • Epidemiologia
  • a Situação actual, formas, distribuição e tendências dos principais tipos de DTN, particularmente as prevalecentes na Região da CEDEAO e que têm sido alvo de eliminação ou erradicação;

 

  • Determinantes sociais
    • Os factores que contribuem para as DTN, incluindo desigualdades em determinantes sociais e impacto socioeconómico das DTN, especialmente entre as populações indigentes ou vulneráveis;
    • As dimensões socioculturais das DTN, incluindo comportamentos de cuidados de saúde e o potencial da medicina tradicional e dos produtos locais para tratamento;

 

  • Quadro político, governação, coordenação e parcerias
    • O quadro jurídico e político nacional, regional e internacional actual para a prevenção, controlo e gestão das DTN;
    • As estratégias para a promoção da igualdade dos géneros e dos direitos nos programas das DTN;
  • O sistema de governação das DTN nos Estados-membros da CEDEAO, o nível de integração com outros programas, tais como o controlo do paludismo, a saúde materna e infantil, a nutrição e a saúde ocular no sector da saúde; e a integração trans-sectorial com sectores como a agricultura, WASH e a protecção social;
  • As parcerias actuais e potenciais para a resposta regional e nacional às DTN;
  • Os mecanismos nacionais de coordenação em geral a nível central e distrital;
  • As melhores práticas, incluindo as que envolvem parcerias público-privadas;

 

  • Advocacia e finanças
    • Orçamentos e despesas nacionais com as DTN e mecanismos de financiamento;
    • Programas de advocacia, incluindo o envolvimento com autoridades políticas, Parlamento, autoridades tradicionais, sector privado.

 

  • Prestação de serviços e estratégias
    • Estratégias globais e regionais existentes de DTN;
    • Práticas e oportunidades actuais de colaboração transfronteiriça;
    • Tipos, acessibilidade, cobertura, qualidade e custo dos serviços de DTN ao longo do contínuo de promoção da saúde para a reabilitação; mobilização comunitária e social;
    • Disponibilidade e utilização de directrizes para a prevenção, administração em massa de medicamentos, gestão de medicamentos, trabalho com distribuidores baseados na comunidade, diagnóstico e tratamento.

 

  • Monitorização e avaliação
    • Sistemas de vigilância, incluindo vigilância entomológica; investigação, sistemas de gestão de dados para as DTN;
    • Disposições de monitorização e avaliação; utilização de cartões de pontuação da African Leaders Malaria Alliance (ALMA) nas DTN;
    • Capacidade global de gestão das DTN; análise SWOT.

 

A análise da situação deve identificar até seis impulsos estratégicos para o plano estratégico, que devem ser coerentes com o Roteiro da OMS para os DTN 2021-2030.

 

Duração da missão

 

Será recrutado um Consultor Individual para conduzir a missão durante um período de 30 dias úteis, durante 3 meses. Os dias de viagem aos países não estão incluídos.

 

 

Perfil do Consultor

 

A tarefa será executada por dois consultores individuais com as seguintes qualificações:

 

  • Diploma universitário (titular de pelo menos um mestrado de uma universidade reconhecida em saúde pública, epidemiologia, parasitologia, entomologia ou numa área relacionada);
  • Pelo menos 5 anos de experiência na concepção de documentos estratégicos sobre DTN ou programas de saúde relacionados; 3 ou mais anos de experiência a nível internacional serão uma vantagem adicional;
  • Conhecimento e compreensão profunda do actual contexto sociopolítico e económico em relação às DTN e outras questões de saúde na região da África Ocidental;
  • Experiência em desenvolvimento e monitorização e avaliação de políticas, planos estratégicos e programas de DTN;
  • Boa compreensão da epidemiologia, prevenção, gestão e controlo das DTN;
  • Competências demonstráveis em comunicação oral e escrita; incluindo a capacidade de rever e desenvolver orientações políticas, notas conceituais e propostas e relatórios centrados nas DTN, e outros artigos científicos publicáveis;
  • Capacidade para trabalhar num ambiente multinacional e com uma variedade de parceiros a nível nacional, regional e mundial;
  • Boa capacidade de gestão de tempo, incluindo a capacidade de cumprir prazos e lidar com múltiplas tarefas ao mesmo tempo, com um elevado grau de autonomia;
  • Conhecimentos demonstráveis e utilização das tecnologias da informação;
  • Proficiência em inglês que é a língua de trabalho do BM é essencial, e a proficiência noutra língua da CEDEAO – francês ou português será uma vantagem.

 

 

Conteúdo da manifestação de interesse

 

A Organização Oeste Africana da Saúde convida os Consultores Individuais elegíveis a manifestarem o seu interesse em prestar os serviços acima descritos.

O Consultor deve fornecer um dossiê técnico que inclua a carta de manifestação de interesse, experiências passadas (curriculum vitae destacando graus, experiência adquirida, missões realizadas, empregadores, períodos de conclusão precisa de cada missão ou posto, experiência na realização de missões semelhantes, bem como referências para possíveis verificações, etc.); cópias autenticadas de certificados e diplomas; e uma proposta técnica que forneça detalhes sobre a abordagem do trabalho, metodologia e um plano de trabalho.

 

 

Procedimentos de selecção

 

O consultor será seleccionado de acordo com os procedimentos de selecção de consultores definidos no código de aquisições da CEDEAO disponível em https://www.ecowas.int.

A selecção final será feita após entrevistas pelo comité da OOAS.

 

Critérios para a avaliação das manifestações de interesse

 

  • Critérios Essenciais

 

  • Diploma universitário (titular de pelo menos um mestrado de uma universidade reconhecida em saúde pública, epidemiologia, parasitologia, entomologia ou numa área relacionada): 20 pontos;
  • Pelo menos 5 anos de experiência geral na concepção/elaboração, desenvolvimento, monitorização ou avaliação de políticas, planos estratégicos, documentos estratégicos: 20 pontos;
  • Conhecimento e compreensão profunda do actual contexto sociopolítico e económico em relação às DTN e outras questões de saúde na região da África Ocidental: 15 pontos
  • Experiência em desenvolvimento na concepção/elaboração de, pelo menos, dois documentos estratégicos ou planos estratégicos sobre programas de DTN: 15 pontos
  • Capacidade para trabalhar num ambiente multinacional e com uma variedade de parceiros a nível nacional, regional e mundial: 10 pontos;
  • Proficiência em inglês: 5 pontos;
  • 3 ou mais anos de experiência a nível internacional serão uma vantagem adicional: 5 pontos.

 

  • Critérios desejáveis (10 pontos)
  • Boa capacidade de gestão do tempo, incluindo a capacidade de cumprir prazos e lidar com múltiplas tarefas ao mesmo tempo, com um elevado grau de autonomia: 5 pontos;
  • Experiência na região (nível de trabalho em inglês ou francês ou portuguese nos países da África Ocidental): 5 pontos;

 

Informação, data e local de apresentação das candidaturas

Os candidatos interessados podem aceder aos TDR no website OOAS em: https://data.wahooas.org/tenders/tenders/list

Para mais informaçoões, contactar a seguinte pessoa: Senhora Lalaissa AMOUKOU, Email: lamoukou@wahooas.org

A expressão de interesse deve ser enviada pela plataforma https://data.wahooas.org/tenders/tenders/list   Serão recebidas manifestações de interesse o mais tardar até 15 de abril de 2021 às 12:00 p.m. GMT.

 

 

 

 

 

 

Prof Stanley OKOLO

Director Geral

 

Map Unavailable

Share on :

Twitter Facebook Google Plus Linkedin Youtube Instgram