Twitter Facebook Youtube
Validação do relatório final do estudo de viabilidade para a extensão do gasoduto oeste Africano
From L-R The Commissioner of Energy and Mines, Dr. Morlaye Bangoura, and the Director of Energy of the ECOWAS Commission, Mr. Bayaornibe Dabire
L-R The Commissioner of Energy and Mines, Dr. Morlaye Bangoura, and the Director of Energy of the ECOWAS Commission, Mr. Bayaornibe Dabire

O Comissário para a Energia e Minas da Comissão da CEDEAO, Dr. Morlaye Bangoura, convidou os participantes da reunião de validação do relatório final do estudo de viabilidade para a extensão da rede de gasodutos da África Ocidental a analisar o relatório e melhorá-lo para produzir um relatório preenchendo todas as expectativas.

A reunião que teve início na quarta – feira, 1 de março, de 2017, na sede da referida Comissão em Abuja, Nigéria, tem como objetivo analisar o relatório final do estudo, para sua aprovação, e desenvolver um plano de ação para a sua aplicação.

Propõe-se recolher as observações e recomendações dos participantes sobre certos aspectos, incluindo conceitos de rastreamento para a rede de gasodutos a ser criada para a ligação de outros Estados-Membros, as características da rede e o custo do projeto bem como o preço do gás produzido.

Além disso, os participantes irão definir as ações a serem empreendidas no âmbito do desenvolvimento do projeto, incluindo prazos, responsabilidades e custos eventuais.

Group photo

 

Em Abril de 2015, sobre a recomendação de líderes da África Ocidental, a Comissão da CEDEAO iniciou um estudo de viabilidade para a extensão da rede de gasodutos Oeste Africano.

Para o Dr. Bangoura, este estudo vai permitir aos outros Estados-Membros da CEDEAO que não estão vinculados pelo Tratado do Gasoduto de beneficiar desta fonte de energia limpa e barata, e apoiar a criação de um mercado de energia na Comunidade.

“A energia está no centro de todas as estratégias de desenvolvimento económico em todo o mundo, e a utilização do gás natural é uma alternativa que devemos entender em nossa sub-região, além da energia hidroelétrica e das energias renováveis tais como a solar e a eólica “, disse ele.

Para fazer isso, ele saudou o interesse demonstrado por todos os Estados membros da CEDEAO, as instituições regionais responsáveis ​​pela energia e as instituições financeiras no processo de realização do presente estudo.

Cross section of the participants

 

Para os organizadores da reunião, este estudo é justificado pela demanda amplamente expressa pela região para o uso do gás natural para geração de eletricidade, mas também pela necessidade de encontrar soluções duradouras para as actuais dificuldades do gasoduto existente.

Assim, durante 2016, muitos ateliers regionais foram organizados para validar os vários relatórios do estudo. Este que se realizou em Setembro de 2016, em Dakar, no Senegal, permitiu analisar o projeto de relatório final do estudo.

A reunião de hoje vai aprovar as opções de roteiro propostas pelo consultor do estudo de acordo com o faseamento do projeto, os volumes de gás a serem transportados, e desenvolver um plano de ação para o desenvolvimento do projeto.

Para o Comissário Bangoura, trata-se de, durante esta reunião reunir as opiniões técnicas dos participantes sobre o relatório do estudo para a sua aprovação final, mas também propor um plano de ação para as etapas futuras no contexto da implementação do projeto.

Share on :

Twitter Facebook Google Plus Linkedin Youtube Instgram