Twitter Facebook Youtube
Programa de voluntariado da CEDEAO inicia a 7ª reunião do conselho de coordenação regional
Commissioner Siga Jagne (R) and Francis Francis Njoaguani

Abuja, 17 dezembro de 2018. A 7ª Reunião do Conselho de Coordenação Regional do Programa de Voluntariado (EVP) da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) iniciou-se em Abuja, Nigéria a 17 de dezembro de 2018.

A Reunião permitiu a revisão da implementação dos programas e do orçamento de 2018 do gabinete regional criando assim condições para a adoção do programa de trabalhos e orçamento do EVP para 2019, após atribuição de novas tarefas.

Na abertura da reunião, a Comissária para os Assuntos Sociais e Género da Comissão da CEDEAO, a Dra. Siga Fátima Jagne observou que o voluntariado é reconhecido internacionalmente como um sistema que potencia o conhecimento e experiências de milhões de pessoas oferecendo-lhes a oportunidade de contribuírem livremente para o desenvolvimento das suas comunidades.

A Comissária afirmou que é contra este pano de fundo que a CEDEAO, em colaboração com os seus parceiros financeiros e técnicos, estabeleceu o EVP “para facilitar o envolvimento e participação dos seus jovens cidadãos nas iniciativas regionais e nacionais de paz e desenvolvimento a através do voluntariado e de acordo com a sua Visão 2020”.

De acordo com a Comissária Jagne, que também é a Presidente do Conselho de Coordenação Regional (CCR) do EVP, o voluntariado é atualmente uma oportunidade para pessoas “adotarem ações que conduzam ao desenvolvimento e construir comunidades resilientes”

Graças à diligência, compromisso, liderança intencional e apoio ativo de todas as partes interessadas, a Dra. Jagne opinou que o EVP é atualmente um ponto de referência regional e continental no voluntariado internacional.

Expressou ainda a confiança de que, com os esforços coletivos das partes interessadas na condução do processo, e o compromisso defendido pelo voluntariado, irá trazer esperança às comunidades na região, fortalecendo ao mesmo tempo o desenvolvimento sustentável e a construção da paz.

Full session of participants
Group photograph

Acolhendo os participantes para Reunião de dois dias, o Diretor do Centro de Desenvolvimento da Juventude e Desportos da CEDEAO (CDJC) o Sr. Francis Chuks Njoaguini sublinhou a necessidade de compromisso por partes dos intervenientes para um programa de trabalhos realístico e benéfico do EVP para 2020.

Através do EVP, foram destacados cerca de 175 voluntários, incluindo 104 homens e mulheres a três países em situação de pós-conflito na África Ocidental, nomeadamente a Libéria, a Guiné e a Serra Leoa, bem como o Gabinete Regional do EVP em Burquina Faso.

A Guiné-Bissau, o quarto país do programa piloto, deverá receber o seu primeiro destacamento de voluntário até finais de 2018.

Share on :

Twitter Facebook Google Plus Linkedin Youtube Instgram