Contabilista (Gestão de tesouraria)

PT -Accountant – Treasury Management Am

  • Departamento: FinanÇas

 

 

  • Direção: FinanÇas

 

 

  • Categoria: P3

 

 

  • Salário anual: USD 36,901 – USD 44,469

 

 

  • Supervisor: Chefe da Contabilidade

 

 

  • Referência: ECW-FIN-REC/P/006/2017
  • Duração: dois (2) anos (com recondução sujeita aos “Estatutos do Pessoal” da Comissão da CEDEAO, a um desempenho satisfatório e à disponibilidade de fundos)
  • Local de afetação: Comissão da CEDEAO, Abuja, Nigéria

 

 

Objetivo da função: ao prestar contas diretamente ao Contabilista Principal (Dinheiro e banco) cabe ao Contabilista (de Gestão de tesouraria) a gestão eficiente e eficaz dos fundos da Comissão da CEDEAO. Deve garantir que os fundos da Comissão sejam geridos e distribuídos em conformidade com o Regulamento Financeiro da Comissão da CEDEAO.

Principais deveres e responsabilidades:

  1. Supervisão da secção de Tesouraria e garantia de que os princípios de gestão e salvaguardo dos fundos da Comissão sejam cumpridos em conformidade com o Regulamento Financeiro;
  2. Implementação das Políticas e dos planos de contabilidade que garantam que a prática de contabilidade vigente responda ao controlo adequado da gestão de tesouraria da Organização;
  3. Supervisão da preparação da Demonstração dos fluxos de caixa para determinar periodicamente a posição de liquidez da Comissão;
  4. Provisão de competências de gestão e aplicação de tesouraria para ajudar a aumentar os valores financeiros a curto e longo prazo dos fundos da Comissão;
  5. Supervisão, verificação e certificação da correção da reconciliação dos extratos de conta bancária de todas as contas bancárias da Comissão e garantia de que tenham sido arquivadas de forma segura para os Auditores internos e externos;
  6. Elo de ligação com bancos e acompanhamento, avaliação. Investigação e documentação das transações financeiras diárias e correção imediata de quaisquer erros ou declarações inexatas encontradas nos extratos bancários;
  7. Supervisão da Unidade de operação da tesouraria e formulação de propostas sobre a melhor forma de investir os fundos excedentários a nível da Comissão;
  8. Supervisão e garantia de que o pessoal que trabalha em reconciliações bancárias tenha sido concedido todo o apoio logístico de que precise para cumprir os objetivos;
  9. Tomada de medidas para propor alterações ou melhorias nos controlos financeiros, nos relatórios financeiros e de gestão existentes que reforçariam o Sistema de gestão de tesouraria. Entrada em parceria periódica com o pessoal de análise contabilística, da auditoria e do investimento para garantir que os controlos e procedimentos internos nos sistemas de tesouraria sejam adequados e operacionais;
  10. Acompanhamento dos encargos bancários e rendimentos pelo investimento e garantia de que se reflitam diretamente nas contas da Comissão;
  11. Realização de inquéritos periódicos e revisões recorrentes dos encargos bancários e das taxas de juro de capital;
  12. Representação do departamento financeiro nas reuniões interdepartamentais e interinstitucionais, na ausência do Diretor Financeiro ou sempre que nele for delegada essa responsabilidade;
  13. Desempenho de outras funções conforme requeridas.

 

Descrição geral: uma das principais responsabilidades ligadas a essa função incide nas análises financeiras da Comissão e na proposta de estratégias para a redução de custos. O Contabilista (Gestão de tesouraria) supervisiona os investimentos da Organização. Ainda supervisiona as operações financeiras, tais como a locação financeira, se houver, que incluem a análise de propostas, negociação dos termos de proposta e determinação de como é que os pagamentos podem funcionar.

Além do que precede, o Contabilista passará tempo na supervisão do trabalho dos seus subalternos, inclusivamente a procura de soluções para problemas de gestão de tesouraria e problemas de tesouraria a medida que vão surgindo. A orientação, a motivação e o acompanhamento do pessoal seriam importantes para o sucesso nesse cargo.

 

Conhecimentos, aptidões e competências requeridas:

  1. Pelo menos um grau de Licenciatura em Contabilidade (ou habilitações literárias equivalentes) mais dois (5) anos de experiência profissional comprovados por escrito.Ser um Contabilista profissional (Técnico Oficial de Contas, Contabilista Certificado da Associação de Técnicos e Revisores de Contas, Contabilista Certificado do Instituto de Contabilidade de Gestão, Revisor Oficial de Contas, etc.)  constitui uma vantagem acrescida.
  2. O nível de mestrado reduz o teto dos anos de experiência para três (3).
  3. Competência comunicativa oral e escrita excelente (fluente) numa das línguas oficiais da CEDEAO (Inglês, francês e português). Bom conhecimento prático de uma segunda dessas três línguas constitui uma vantagem acrescida.
  4. Um excelente conhecimento dos princípios e conceitos de contabilidade financeira, inclusivamente das Normas Internacionais de Contabilidade do Setor Público (IPSAS). Experiência na Avaliação do Pilar da UE sobre o Controlo e a Contabilidade Internos constitui uma vantagem acrescida.
  5. Um bom conhecimento dos aspetos gerais do suporte lógico de gestão financeira e pelo menos de um suporte lógico do Planeamento de Recursos Empresariais. Experiências específicas anteriores com Sistemas, Aplicações e Produtos (SAP) de tratamento de dados constituem um trunfo.
  6. A capacidade de utilizar suportes lógicos padrões do Microsoft Office (Word, Excel, PowerPoint, Access).
  7. Uma boa capacidade de relacionamento interpessoal e de trabalho em equipa é necessária para propiciar uma interação eficaz no desempenho de atividades financeiras essenciais dos demais membros da equipa e para supervisionar as suas tarefas, bem como dos pares. Uma experiência comprovada em ambientes multiculturais constitui uma vantagem acrescida.
  8. Capacidade de fixar e cumprir prazos, inclusivamente uma grande capacidade de gestão de uma multiplicidade de tarefas rumo à conclusão de tarefas com prazos fixos.
  9. Capacidade de formular recomendações relativas às principais questões financeira e de gestão.

 

Línguas

Devem ser fluentes numa das línguas oficiais da Comissão: Inglês, Francês e Português. O domínio de uma segunda língua seria vantajoso.

E-mail correspondente ecorys@ecowas.int

Share on :

Twitter Facebook Google Plus Linkedin Youtube Instgram