Twitter Facebook Youtube
A CEDEAO convida a nigéria a tomar a dianteira para garantir a segurança marítima na região
(L-R) General Francis Behanzin and Vice Admiral I. E Ibas

Abuja, 9 de maio de 2018. O General Francis Behanzin, Comissário para Assuntos Políticos, Paz e Segurança da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) exortou a Nigéria a assumir um papel de líder com vista a garantir a segurança marítima na Região.Ao dirigir-se ao Chefe do Estado-maior da Marinha da Nigéria, Contra-almirante Ibok-Ete Ekwe Ibas, aquando de uma visita de cortesia que lhe prestou a 9 de maio de 2018 em Abuja, o Comissário sublinhou a importância do papel a desempenhar pela Nigéria para garantir a paz e segurança na Região. Convidou deste modo esse Estado-membro a continuar a dirigir os esforços no sentido de melhorar a colaboração entre os chefes de estado-maior da marinha dos Estados-membros da CEDEAO.

Por seu lado, o Contra-almirante Ibas congratulou-se com as boas relações existentes entre a Comissão da CEDEAO e a Nigéria. Ele reiterou o compromisso do seu país para cooperar com os Estados-membros da CEDEAO em garantir a segurança no Golfo da Guiné, garantia que se reveste, a seu ver, de uma importância crucial para a paz, estabilidade e economia da Região.

A group picture during the courtesy visit

Para o efeito, o Chefe do Estado-maior da Marinha propôs que a CEDEAO criasse uma força operacional de luta contra a pirataria no Golfo da Guiné.

Considerou que aquela visita de cortesia era um passo na direção certa e que ela daria à CEDEAO e à Nigéria a oportunidade de abordarem em conjunto as dificuldades com que deparavam no âmbito da segurança marítima.

Participaram igualmente na visita, o Chefe do Estado-maior da Força de Alerta da CEDEAO (FAC), o Brigadeiro-general Usman Abdulmumuni Yusuf e o Chefe da Segurança Regional da FAC, o Coronel Dieng Abdourahmane.

Share on :

Twitter Facebook Google Plus Linkedin Youtube Instgram