Twitter Facebook Youtube
A 54 ª Cimeira ordinária da CEDEAO centrar-se-á em questões políticas e institucionais
La photo de famille du 53ème Sommet de la CEDEAO à Lomé (Archives)

Abuja, 21 de dezembro de 2018. As questões políticas, económicas, sociais, culturais e institucionais estarão no centro das discussões da 54 ª sessão ordinária da Conferência dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade Económica dos Estados da África do Oeste (CEDEAO ) a ser realizada no sábado, 22 de dezembro de 2018, em Abuja, Nigéria.

Durante esta reunião de um dia, os líderes da África Ocidental irão rever uma série de relatórios sobre a situação política na Guiné-Bissau, no Togo e na região, o Grupo de Trabalho presidencial sobre o regime de liberalização do Comércio da organização regional, da moeda única da Comunidade e das infraestruturas.

Terão também de avaliar o relatório final da 41 ª reunião ordinária do Conselho de mediação e segurança, o da 81ª sessão ordinário do Conselho de Ministros da CEDEAO, bem como o relatório anual 2018 do Presidente da Comissão, Jean-Claude Kassi husk.

Estes diferentes documentos serão apresentados em uma sessão a porta fechada , que é reservada apenas aos Chefes de Estado e de Governo.

A assinatura dos atos e decisões da Comunidade, incluindo a adesão de Cabo Verde ao programa do Corredor Praia-Dacar-Abidjan com a introdução do componente marítimo; a leitura, tanto da declaração política sobre a posição comum da CEDEAO sobre o regresso da propriedade cultural em África e do comunicado final; a Conferência de imprensa assim como a escolha da data e local da 55 ª Cimeira ordinária da Conferência da CEDEAO de Chefes de Estado e de Governo serão outros destaques da reunião de Abuja.

A cerimônia de abertura da reunião será marcada pela palavra de boas-vindas do Chefe de Estado nigeriano e atual Presidente da Conferência de Chefes de Estado e de Governo, Muhammadu Buhari, seguido pelos discursos do Presidente da Comissão da CEDEAO e do seu homólogo da União Africana, Moussa Faki Mahamat.

Os líderes da África Ocidental também seguirão o discurso do representante especial do Secretário-geral das Nações Unidas para a África Ocidental e do Sahel, o Dr. Mohamed Ibn Chamberas, bem como o do Presidente do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola, Gilbert Houngbo.

Convém notar que uma mesa redonda sobre a interligação energética para o desenvolvimento sustentável em África será realizada à margem desta cimeira.

Share on :

Twitter Facebook Google Plus Linkedin Youtube Instgram
Upcoming events

Vagas na OOAS
01 Abr 2019 - 30 Abr 2019 [WAHO/OOAS]